quarta-feira, 20 de maio de 2009


Ha um tempo em que é preciso abandonar as roupas usadas, que já tem a forma do nosso corpo, e esquecer os nossos caminhos, que nos levam sempre aos mesmos lugares..
é o tempo da travessia..
e se nao ousarmos faze-la, teremos ficado, para sempre, às margem de nós mesmos..

[Fernando Pessoa]

segunda-feira, 11 de maio de 2009

Especial pras mamis

*honestamente roubado de http://www.quemconta-umconto.blogspot.com/

Tudo o que eu precisava saber na vida, aprendi com a minha mãe:

Minha mãe me ensinou dar valor a um sorriso:
‘Me responde de novo e eu te quebro os dentes!’

Minha mãe me ensinou sobre retidão:
‘Eu te conserto, menino, nem que seja na pancada!’

Minha mãe me ensinou a valorizar o trabalho dos outros:
‘Se você e seu irmão querem se matar, vão lá pra fora. Acabei de limpar a casa!’

Minha mãe me ensinou sobre lógica e hierarquia:
‘Porque eu digo que é assim e ponto final! Quem é que manda aqui?’

Minha mãe me ensinou o que é motivação:
‘Continua chorando, que eu vou te dar uma razão de verdade pra você chorar!’

Me ensinou sobre contradição:
‘Fecha a boca e come!’

Minha mãe me ensinou sobre antecipação:
‘Espera só até seu pai chegar em casa!’

Minha mãe me ensinou sobre paciência:
‘Calma!.. Quando a gente chegar em casa, você vai ver só.’

Minha mãe me ensinou a enfrentar os desafios:
‘Olha para mim! Me responde quando eu te fizer uma pergunta!’

Minha mãe me ensinou sobre raciocínio lógico:
‘Se você cair dessa árvore vai quebrar o pescoço e eu vou te dar uma surra!’

Minha mãe me ensinou sobre medicina:
‘Pára de ficar vesgo, menino! Pode bater um vento e você vai ficar assim para sempre.’

Minha mãe me ensinou sobre o reino animal:
‘Se você não comer essas verduras, os bichos da sua barriga vão comer você!’

Minha mãe me ensinou sobre genética:
‘Você é igualzinho ao traste do seu pai!’

Minha mãe me ensinou sobre minhas raízes:
‘Tá pensando que nasceu em família rica, é?’

Minha mãe me ensinou sobre justiça:
‘Um dia você vai ter os seus filhos, e eu espero eles façam com você o mesmo que você faz comigo, aí você vai ver o que é bom!’

Minha mãe me ensinou sobre religião:
‘É bom você rezar para essa mancha sair do tapete!’

Minha mãe me ensinou o beijo de esquimó:
‘Se rabiscar aí de novo, eu esfrego o seu nariz na parede!’

Minha mãe me ensinou sobre contorcionismo:
‘Olha só essa orelha! Que nojo!’

Minha mãe me ensinou sobre determinação:
‘Vai ficar aí sentado aí até comer essa comida todinha!’

Minha mãe me ensinou a habilidade de ventríloquo:
‘Não resmunga, não! Cala essa boca e me diz por que é que você fez isso?’

Minha mãe me ensinou a escutar:
‘Se você não abaixar o volume, eu vou aí e quebro esse rádio!’

Minha mãe me ensinou a ter gosto pelos estudos:
‘Se eu for aí e você não tiver terminado essa lição, você já sabe!’

Minha mãe me ajudou na coordenação motora:
‘Junta agora esses brinquedos!! Pega UM por UM!!’

Minha mãe me ensinou matemática:
‘Vou contar até três. Se esse vaso não aparecer, você leva uma surra!’

Minha mãe me ensinou sobre a sabedoria dos mais velhos:
‘Quando tiver a minha idade, você vai entender.’